Psicoterapia

Actualidade

Academia Americana de Pediatria publica um relatório que tem como objectivo servir de guia na escolha, por parte dos médicos e outros profissionais da saúde, das melhores intervenções de tratamento apropriado para muitas condições nas crianças e adolescentes. O relatório demonstra que o Neurofeedback é o tratamento de primeira linha na Perturbação de Hiperactividade e Défice de Atenção, bem como de outras condições no desenvolvimento.


Estudo da Escola Americana de Neuropsicofarmacologia reporta que o uso, a longo-prazo de ritalina (para a PHDA), pode levar a lesões cerebrais. A pesquisa elaborada pela equipa sugere, que a ritalina tem o potencial para causar alterações das estruturas e funções das células cerebrais. Quimicamente semelhante à cocaína, os efeitos a curto-prazo da ritalina incluem: nervosismo, agitação, ansiedade, insónia, perda de apetite, náusea, vómitos, tonturas, palpitações, dores de cabeça, aumento do ritmo cardíaco, aumento da pressão sanguínea e psicose.

Janeiro de 2016 - Excerto da entrevista acerca Neurofeedback à revista Pessoal: "terapia que alguns apelidam de “ginásio do cérebro”. Para além do artigo técnico redigido em co-autoria por Jaime Ferreira da Silva e Samuel Antunes, apresentamos-lhe uma reportagem que descreve a experiência de três gestores que se submeteram ao programa de treino ministrado pela Dave Morgan". Clique aqui para ler a reportagem na íntegra.

Psicoterapia

Consultas de Psicologia a crianças, adolescentes, adultos e idosos.

Neurofeedback

Treinar o cérebro para melhorar as nossas funções cognitivas, controlar os nossos comportamentos e regular as nossas emoções.

Neuropsicologia

Consultas de avaliação e intervenção neuropsicológica em crianças, adolescentes, adultos e idosos.